Parceria permitirá entrega de kits a acolhidos nas 54 comarcas de MS

Mais uma parceria da Coordenadoria de Infância e Juventude de MS beneficiará crianças e adolescentes em situação de abrigamento, contudo, desta vez, serão atendidos todos os abrigos do Estado. E a solenidade para efetivação desta parceria será realizada nesta terça-feira (9), às 9 horas, no Salão Pantanal do Tribunal de Justiça.

O coordenador da Infância e Juventude em MS, Des. Joenildo de Sousa Chaves, explica que com este convênio estabelecido com a Editora Alvorada, crianças e 
adolescentes das 54 comarcas sul-mato-grossenses receberão um kit de livros infanto-juvenil da empresa, que também patrocinará a vinda de uma equipe de São Paulo para capacitar os profissionais que atuaram na mais nova causa do Projeto Padrinho: a construção do Álbum de Memórias de crianças e adolescentes que moram nos abrigos.

O trabalho é resultado de uma parceria estabelecida entre o Projeto Padrinho e o  Instituto Fazendo História, de São Paulo (SP), que visa propiciar às crianças em situação de abrigamento o resgate de suas histórias de vida, permitindo que elaborem a vivência de afastamento de suas famílias.

De acordo com a psicóloga do Projeto Padrinho, Rosa Pires de Aquino, o número de crianças nos abrigos é muito elevado, porém a preocupação é a falta de individualidade, já que estas chegam aos abrigos com pouca história.

"Para elaborar seu Álbum de Memórias, as crianças receberão um álbum em branco e, com auxílio de um colaborador preparado e capacitado, aos poucos preencherá as páginas vazias com elementos que façam parte de sua história como fotos, desenhos, cartas, etc. Na verdade, a criança fará do álbum um lugar de registro e preservação de sua história de vida, com informações importantes sobre família, tempo no abrigo, amigos, escola, além de perspectivas e sonhos para o futuro", explica ela.

Dedicação – Em julho deste ano, quando a Coordenadoria da Infância e Juventude de MS abraçou a proposta, foi elaborada uma lista de 170 livros necessários para a realização do trabalho.

“E graças a ações conjuntas, de pessoas que se dedicam à causa, conseguimos 
adquirir todos os exemplares de livros  temáticos e direcionados para esta atividade específica. Assim que soube que faríamos uma campanha para doação de livros, a madrinha Maria Aparecida Pimentel se mobilizou e, com o auxílio de muitos conhecidos, conseguiu juntar o valor necessário e fizemos a aquisição de 170 livros. Nossa preocupação é permitir a essas crianças ou adolescentes a possibilidade de entender sua experiência durante o abrigamento, integrar essa fase a sua vida, entendendo que esse tempo representou um momento de proteção e cuidado”, ressaltou a psicóloga.

Na solenidade de assinatura do convênio, o Des. Joenildo de Sousa Chaves receberá um kit de livros, de forma simbólica. A presidente da Casa da Criança Peniel, pastora Joelma Fachini, acompanhada de três crianças que representarão todas as crianças acolhidas, confirmou presença na solenidade.